Aliança política: saiba tudo sobre o histórico de um candidato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Na gestão pública, os relacionamentos são de suma importância. Além de facilitarem a governabilidade, a aliança política pode dar força a projetos e planos de governo. 

Mas podem também ter o efeito contrário. Alianças mal planejadas ou com candidatos que em nada acrescentem podem ter como resultado planos infundados, resultados pouco expressivos e baixa reputação. 

Por isso, antes de se dedicar a alianças políticas, é essencial entender tudo sobre o histórico do candidato e como ele se propõe a trabalhar em conjunto com a gestão. 

O que são alianças políticas?

Vamos começar do princípio! Uma aliança política é nada mais do que um acordo realizado entre duas partes com o objetivo de realizar ideias comuns. 

Muitas vezes, para dar andamento a projetos que visam o bem-estar da população, é necessário se aliar com quem pode contribuir. Em conjunto, recursos e ideias são melhor aproveitados. 

Como escolher uma aliança política?

As alianças devem ser analisadas cuidadosamente. Poderosas, podem afetar até mesmo o resultado de uma eleição, já que os eleitores analisam não apenas o histórico do candidato, mas também o de quem ele se alia. 

Isso significa que ao planejar a aliança, o foco deve estar sempre na resolução de projetos em conjunto e nos possíveis benefícios para a gestão e para a população que a parceria pode trazer. 

Por isso, vale lembrar que é importante ter em mente as convicções ideológicas e políticas da aliança, para que a parceria seja frutífera. Também é interessante entender como essa parceria se comportou no passado.

Como a Data Goal pode ajudar em alianças políticas

Por serem tão importantes para o andamento dos projetos e candidatos, as alianças políticas devem ser pensadas com atenção.

Então, por que não contar com uma ferramenta que auxilie a gestão a analisar o histórico de cada candidato? A Solução Completa de Inteligência para Gestão Pública (I.G.P) da Data Goal pode ajudar!

O I.G.P funciona com uma metodologia eficiente e um sistema de avaliação e pesquisa. Assim, a ferramenta da Data Goal pode identificar todos os pontos de melhoria da gestão e dos projetos voltados à população.

O I.G.P também visa a melhoria contínua do que for identificado, por meio da metodologia P.D.C.A (Plan, Do, Check e Act) = Planejar, Fazer, Checar e Agir. Dessa maneira, a gestão pode focar não apenas na causa dos problemas, mas principalmente na solução.

I.G.P e a aliança política

A Solução Completa de Inteligência na Gestão Pública (I.G.P) da Data Goal permite que a gestão analise o histórico das parcerias políticas visadas. Dessa maneira, a gestão entende quais seriam os pontos positivos e negativos da aliança e consegue tomar decisões baseadas em fatos.  

Você entenderá quais foram os principais projetos e resultados alcançados pela parceria, qual é o alinhamento político do candidato, como suas ações foram percebidas pela população e como uma aliança política funcionaria de maneira estratégica. 

A partir de um sistema de avaliação e pesquisa disponibilizado pela Data Goal, o gestor pode entender a satisfação da população em relação a um projeto já desenvolvido por determinada parceria. 

Com esse sistema de avaliação, fica fácil identificar os ganhos de reputação e efetividade em projetos ao se aliar com cada candidato. 

Além disso, o gestor também pode avaliar os resultados percebidos pela população de gestões anteriores, identificando o que é passível de continuação e atualização e o que não deve ser continuado. 

Então, políticas de médio e longo prazo podem ser avaliadas em sua viabilidade e a gestão pode entender como cada aliança política pode contribuir para o andamento de projetos que atendam às demandas da população. 

Quer saber mais sobre o histórico de possíveis alianças políticas? Entre em contato no banner abaixo e comece já a utilizar a Solução Completa de Inteligência na Gestão Pública da Data Goal!