Elaboração de projetos para captação de recursos: saiba por onde começar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Parte importante da gestão pública é elaborar projetos para a captação de recursos. Assim, é possível distribuir e alocar fundos para projetos na saúde, educação e transporte, além de entender quais são as áreas mais necessitadas pela população.

Entretanto, a elaboração de projetos pode não ser tão simples assim de ser feita. Antes de botar a mão na massa, é necessário entender quais são as necessidades da população, quais são as limitações da gestão, quais são as principais metas e, só então, elaborar projetos para gestão de recursos.

Projetos para captação de recursos devem ser feitos com base em dados objetivos e funcionais e possuírem valor para a população. Mensurar esses dados é, antes de qualquer coisa, o primeiro passo na elaboração de um projeto com o objetivo de captar recursos. 

Benefícios de uma boa gestão de recursos

A captação de recursos é uma excelente maneira de identificar oportunidades e viabilizar o aproveitamento, e projetos bem sucedidos são aqueles que levam em consideração a gestão dos recursos a ser feita. 

Isso é importante porque uma boa gestão de recursos permite a identificação de vulnerabilidades, ajuda a otimizar esforços, identificar possíveis soluções, programas e parceiros inovadores, identifica alternativas e entrega projetos em prazos adequados.

Além disso, com a má gestão de recursos a qualidade da gestão pública fica a desejar. Poucos recursos limitam a prestação de serviços públicos, prejudicam a eficácia dos atendimentos e impossibilita o aproveitamento de patrimônios que poderiam ser revertidos em benefícios para o cidadão. 

Como elaborar projetos para captação de recursos? 

Projetos para captação de recursos devem ser assertivos e elaborados de acordo com um planejamento estratégico que leve em conta as reais necessidades da gestão. 

O primeiro passo para entender as necessidades e metas da gestão é possuir um diagnóstico dos projetos já existentes e analisar os principais pontos de melhorias. Dessa maneira, é possível identificar os gargalos da gestão e cuidar para que eles não sejam repetidos nos próximos projetos.

Também é importante entender de que maneira a população tem percebido os esforços da gestão. O feedback do público é muito importante para entender se a captação de recursos servirá a propósitos úteis e como os recursos podem ser distribuídos da melhor maneira. 

Para isso, você pode contar com a Solução I.G.P da Data Goal. O Sistema de Inteligência para Gestão Pública é feito com a metodologia P.D.C.A (Planejar, Fazer, Verificar e Agir). 

Essa metodologia tem como objetivo identificar os principais problemas da gestão e melhorar continuamente os processos. Além de diagnosticar como os problemas surgem, a metodologia também avalia como ele pode e deve ser solucionado. 

Além disso, a ferramenta da Data Goal também oferece um sistema de avaliação dividido por populações de distritos, municípios ou estados. Por meio deste sistema, o gestor consegue entender a percepção do público sobre os projetos e, a partir deste ponto, avaliar como gerir melhor os recursos.

Com o I.G.P, a elaboração de projetos para captação de recursos fica mais assertiva e feita com base em diagnósticos e informações sólidas. Projetos em gestão pública se beneficiam imensamente da ferramenta, que funciona como um norte para planejamento de ações futuras. 

Se você precisa de ajuda para elaborar projetos para captar recursos para setores públicos, experimente a solução de Inteligência para Gestão Pública da Data Goal.