Como preparar uma campanha política para as eleições de 2022?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O ano nem começou e já estamos pensando nas eleições de 2022… não é um pouco cedo para isso? Na verdade, uma campanha política não deve ser pensada às vésperas do pleito. Os preparativos para isso requerem tempo e dedicação.

Todos nós sabemos que a disputa eleitoral é um processo acirrado que exige do candidato e equipe de marketing um extenso conhecimento de seu eleitorado. Isso significa ter dados precisos do eleitor e dos problemas que os cerca. Por isso, montar com antecipação uma campanha política é fundamental para o sucesso dos candidatos. Afinal, é preciso estratégia, pesquisa, mobilização e planejamento. 

Pensando nisso, a conclusão é óbvia: é inviável desenvolver uma campanha política da noite para o dia. 

Por que fazer pesquisa eleitoral?

Uma campanha eleitoral bem feita necessita informações provenientes de dados estatísticos, realizados para que os candidatos e equipes possam fazer escolhas de atuação e tomar decisões a partir delas.

Em 2022, a eleição vai abranger mais cargos políticos: presidente, governador, senador e deputado federal. Ou seja, é muita gente querendo conhecer suas chances de conseguir a candidatura em cada canto do Brasil.

O fato é que a pesquisa eleitoral vai nortear todas as ações da campanha, desde o início. É com base nos dados colhidos durante as entrevistas que os responsáveis por montar as estratégias, definir posicionamentos e argumentos poderão atuar. 

Então, se você vai se candidatar em 2022, ou representa alguém com essa intenção, é melhor caprichar na campanha eleitoral e fazer com que suas propostas e número estejam sempre presentes na cabeça do eleitor. 

Afinal, é na urna que temos a resposta de todos os esforços.

Como estruturar uma campanha eleitoral

A decisão na urna é sempre do eleitor, mas o candidato precisa fazer a sua parte.  Para  que a campanha política seja um sucesso e tenha o mínimo de intercorrências, é preciso seguir alguns passos básicos de estruturação.

Vamos a eles.

Tenha uma boa equipe

Uma coisa é certa: ninguém ganha uma eleição sozinho! São muitas as ações e programas envolvidos em uma campanha política. É por isso que por trás de um candidato tem sempre uma equipe que planeja, coordena e coloca em prática as diretrizes da campanha.

Mora aí a necessidade de se ter um bom time que faça toda a administração da campanha e transforme os dados da pesquisa eleitoral em propostas concretas.

Planeje as pesquisas

O material oriundo da pesquisa eleitoral é a fonte mais valiosa que o candidato tem para conduzir a campanha política. Nesse sentido, é preciso investir no planejamento e inovar nos critérios de perguntas.

Mesmo que você seja um político experiente, não é conveniente basear a campanha de 2022 nos eleitores que foram entrevistados na última eleição. Tenha em mente que o perfil de público muda, assim como os problemas, anseios, dificuldades, objetivos e, claro, preferências de cada eleitor.

Para descobrir as informações mais importantes, invista em perguntas básicas, como idade, região onde mora e em quem pretende votar, mas também busque entender em profundidade a realidade do lugar e quais têm sido as propostas dos outros candidatos.

Aposte na tecnologia

A pesquisa é a base para uma boa campanha política. É através dela que entendemos como pensa o eleitorado e quais são suas necessidades mais urgentes. Diante do tamanho de uma eleição, fazer pesquisa de maneira manual, além de ser perda de tempo, não dá, realmente, um norte. 

Afinal, não adianta ter uma boa equipe se ela apenas fica compilando e analisando dados.

Mas, se você quer informações rápidas e confiáveis, basta utilizar os aplicativos de pesquisa. O desenvolvido pela Data Goal é capaz de oferecer aos pesquisadores a oportunidade de:

  • Avaliar a satisfação geral quanto à administração pública;
  • Prever a intenção de voto;
  • Entender a reputação de um candidato específico em uma determinada região;
  • Realizar tracking.

Em outras palavras, aliar tecnologia à expertise das campanhas faz toda a diferença para o sucesso do marketing político. Portanto, fazer pesquisa eleitoral com o software Data Goal é avançar no uso da tecnologia em prol de pleitos mais factíveis e focados em transformar os candidatos em potenciais vencedores.
Se você quer se preparar para as eleições de 2022, venha conhecer a plataforma de pesquisa eleitoral e descubra como suas estratégias de campanha podem ser mais assertivas daqui pra frente.