Campanha eleitoral: tudo o que você precisa saber

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Algumas dúvidas podem surgir quando o assunto é a elaboração de uma campanha eleitoral. Segundo determinações jurídicas, os candidatos só podem iniciar sua campanha 45 dias antes do dia do pleito.

Sendo assim, é proibido pedir votos abertamente, na tentativa de conquistar apoiadores antes desse período. Todavia, a imagem do candidato não pode esperar esse curto período de tempo para ser construída. 

Com o avanço da tecnologia, uma estratégia muito utilizada pelos candidatos é o uso das plataformas digitais. Por meio delas, o político consegue manter um contato mais próximo os eleitores, promovendo suas ideias sem se vincular com a oficialização de candidatura. 

Seja na primeira tentativa, ou para potencial reeleição, é importante que o candidato mantenha um bom relacionamento com os eleitores, incluindo diálogo constante. Para entender quais são os principais pontos de conversa, nada melhor do que investir em uma boa campanha eleitoral.

Como fazer uma boa campanha eleitoral? 

Realizar uma campanha eleitoral focada nas necessidades do público-alvo é essencial para aumentar as chances de obter um resultado positivo nas eleições. Para obter esse resultado, é necessário elaborar um trabalho de estratégia, pesquisa, planejamento e mobilização que leve à construção de confiança entre o público e o candidato. 

A competição nesse cenário é evidente e, para se destacar, é preciso que o projeto de campanha seja feito de maneira cuidadosa, abrangente e eficiente. Para isso, algumas estratégias precisam ser definidas.

Veja nossas dicas para acertar em cheio:

Faça um planejamento geral da sua campanha

Se você está planejando sua candidatura, provavelmente já tem em mente os tópicos que vão nortear sua campanha. Isso inclui tanto as principais propostas eleitorais quanto os integrantes que farão parte da sua equipe.

Portanto, mãos à obra: tirar as ideias da mente e colocá-las no papel é imprescindível para a construção da estratégia. Com as metas registradas, a visualização dos seus objetivos ficará mais fácil. Consequentemente, será possível decidir o que fazer, ou não, para conquistar o eleitorado. 

Sendo assim, a primeira ação de uma campanha eleitoral vencedora é a criação do planejamento. Para ser eficiente, o instrumento deve conter todas as tarefas da campanha, bem como seus responsáveis, os orçamentos de campanha e os temas que serão abordados durante o período.

É interessante registrar, também, sua opinião sobre os principais assuntos comentados pela comunidade, associando-os à sua filosofia política e principais propostas.

Realize pesquisas

Depois que o planejamento estiver finalizado é hora de traçar estratégias para conquistar a confiança pública durante a campanha. Uma das maneiras mais eficientes para chegar a esse resultado é elaborar e realizar pesquisas de intenção de voto. 

Em outras palavras, se você não pode adivinhar o que se passa pela cabeça dos eleitores, melhor perguntar a eles. Certo? Ninguém vence uma campanha eleitoral sem entender a realidade, os anseios, problemas e objetivos da comunidade que pretende conquistar.

Para tanto, pesquisas eleitorais podem ser aplicadas – e elas são efetivas tanto no modelo quantitativo quanto no qualitativo. A escolha do método vai depender do objetivo do candidato. Na coleta de dados é interessante levar em consideração alguns pontos intrínsecos ao público-alvo, como a faixa etária do eleitorado, onde vive, quais assuntos mais o interessam e os problemas da sua realidade que podem ser discutidos dentro do cargo público pretendido.

Com essas e outras informações em mãos é mais fácil traçar uma estratégia de campanha direcionada aos eleitores, aumentando significativamente as chances de ganhar destaque durante a campanha eleitoral.

Conte com uma boa equipe

Não se tem conhecimento de nenhum candidato político que tenha ganhado uma eleição sem a ajuda de ninguém. Existe sempre uma equipe qualificada nos bastidores de cada campanha, planejando estratégias e definindo melhorias conforme o processo avança. 

Sendo assim, é de extrema importância ter colaboradores que tragam eficiência às diretrizes da campanha. Uma dica é escolher pessoas de confiança, habilidosas e profissionalmente qualificadas para o processo, que pode ser exaustivo. Assim, dê preferência àqueles que tenham experiência no setor político.

Esteja presente nas redes sociais

Hoje em dia é muito difícil encontrar alguém que não esteja presente nas redes sociais. Segundo dados levantados pela SurveyMonkey, e divulgados pelo TechTudo, os brasileiros são as pessoas que mais passam tempo navegando nas mídias sociais, em comparação a outras nações do mundo.

Dessa forma, marcar o lugar no ambiente tecnológico pode aumentar a popularidade do candidato. A partir de estratégias focadas exclusivamente em marketing digital, pode-se vislumbrar a conquista de mais eleitores – e, quem sabe, um resultado positivo no pleito. 

Importância da pesquisa para a campanha eleitoral

As pesquisas de opinião e satisfação são extremamente importantes durante o período eleitoral. Por meio delas, candidatos, eleitores e veículos de imprensa conseguem ter noção do andamento das principais campanhas, incluindo as intenções de voto. 

Em contrapartida, não contar com informações de pesquisa durante a campanha é, basicamente, ficar no escuro – e não saber como chegar no objetivo esperado. É importante investir nesse recurso, já que é o mais eficiente ao permitir a contabilização de dados legítimos, capazes de orientar as pautas a serem trabalhadas pelos candidatos.

Para que uma pesquisa eleitoral seja feita da melhor forma, é essencial contar com a ajuda de ferramentas práticas e indubitáveis. Para tanto, a Data Goal desenvolveu um aplicativo de coleta de dados que, dentre outras funcionalidades, pode ser usado para a criação de pesquisa eleitoral.

Se quiser conhecer essa e outras soluções da Data Goal, clique aqui. Se quiser saber um pouco mais sobre análise e coleta de dados, acesse o nosso blog e mergulhe em conteúdos ricos sobre inovações e metodologias de pesquisa.