Como calcular a margem de erro para sua coleta de dados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A margem de erro determina a estimativa máxima dos erros que podem ser obtidos nos resultados de uma pesquisa. Ela pode ser usada em diversos contextos, tendo como principal finalidade indicar o erro observacional para reportar as quantidades que foram medidas. É comumente empregada em pesquisas, como a pesquisa de opinião, pesquisas eleitorais, de marketing e até mesmo pesquisas de rastreamento.

A maioria das pessoas conhece esse termo através de grandes pesquisas que são divulgadas pela imprensa, como o número de intenção de votos em eleições presidenciais ou a opinião da população sobre algum tema em plebiscito. 

Em geral, a probabilidade utilizada para que o resultado da amostra esteja dentro da margem de erro é de cerca de 95% de acerto, valor que pode variar a depender do tipo de coleta de dados. Assim, quanto maior a margem de erro, menor a confiabilidade nos resultados obtidos na pesquisa. 

A melhor forma de explicar como devemos interpretar esses dados é através de um exemplo prático: vamos levar em consideração que você está fazendo pesquisas em relação a um produto e a margem de erro é de 5 pontos percentuais.

Então, se nos resultados, 60% dos entrevistados responderem que estão satisfeitos com o produto, a porcentagem real de aprovação pode variar entre 55% e 65% e, ainda assim, continuar sendo aceitável. Afinal, o resultado está verossímil dentro da margem de erro.

No caso de pesquisas eleitorais, a lógica da margem de erro é a mesma: se o candidato apresentar 51% das intenções de voto, não pode contar apenas com essa quantidade. Quando a margem de erro da pesquisa fica em torno de 2%, por exemplo, o candidato pode ter 53% ou 49% das intenções. 

Em geral, quanto maior o índice, menor a precisão dos dados em sua pesquisa. Então, para diminuir esse número, a melhor solução é fazer com que a amostra seja o mais representativa possível, levando em consideração todo o grupo de pessoas que são consideradas público-alvo. 

Isso significa que, quanto mais entrevistas o pesquisador fizer, a partir do melhor método, menor pode ser considerada sua margem de erro.

A confiança da pesquisa é um índice extremamente importante para que se possa garantir a veracidade do estudo. O intervalo de confiança, também chamado de nível de confiança, representa a probabilidade de a pesquisa alcançar o mesmo resultado, ainda que o grupo entrevistado fosse completamente diferente. 

Tudo isso, claro, respeitando-se a margem de erro.

Dessa forma, uma pesquisa teria 95% de confiabilidade se fosse refeita 100 vezes e apresentasse, em 95 delas, os mesmos resultados, dentro da margem de erro.

Como calcular a margem de erro na coleta de dados

Por se tratar de um índice estatístico, calcular manualmente a margem de erro não é tarefa fácil. Além disso, a probabilidade de erro humano é muito alta.

O problema que muitas pessoas encontram é a viabilização de uma pesquisa eleitoral, por exemplo, através de um sistema de gerenciamento de equipes que torne o processamento de dados mais rápido e menos custoso, já que realizar um estudo desse porte, geralmente, leva tempo. 

Isso pode ser mudado a partir de um sistema que compreenda todas as necessidades da pesquisa de campo e consiga ser disponibilizado a preços mais acessíveis, como é o caso do software da Data Goal.

Fazer pesquisa eleitoral com o software Data Goal é avançar no uso da tecnologia em prol de pleitos mais factíveis e focados em transformar os candidatos em potenciais vencedores. 

Além de fazer o registro das coordenadas geográficas, recurso em que os dados ficam armazenados de forma segura na nuvem, a coleta de dados com esse programa pode ser feita de forma offline. 

Outros benefícios do nosso sistema são:

  • Possibilidade de retirada de resultados parciais com os pesquisadores ainda em campo;
  • Formação de um banco de dados para produção do relatório final no mesmo dia;
  • Presença de recurso de combate à fraude com gestão de equipes de pesquisa.

Tenha a ferramenta perfeita para sua pesquisa através da nossa solução para calcular a margem de erros. A interface simples e descomplicada permite que o pesquisador faça alterações em seu método de estudos sempre que achar necessário.

Se quiser saber detalhes sobre o funcionamento desta plataforma de coleta de dados, entre em contato e descubra como suas estratégias de campanha podem ser ainda mais assertivas daqui pra frente.