Como fazer pesquisa eleitoral e por que ela é tão importante para seu mandato

Você sabe como fazer pesquisa eleitoral? Esse tipo de pesquisa é um importante instrumento para candidatos a cargo público que querem (e precisam) conhecer a percepção da comunidade em relação aos problemas sociais que vivem. Outra vantagem da pesquisa eleitoral é descobrir a intenção de votos do eleitorado.

A chegada das eleições é sempre um motivo de esperança para a população que vê, nesse momento, uma forma de resolver os problemas que tanto afligem a sociedade. É somente através da pesquisa eleitoral que o candidato consegue entender as adversidades e propor estratégias de campanha.

Os dados estatísticos obtidos na pesquisa são extremamente valiosos para candidatos e partidos. Por isso, não devem ser utilizados de forma aleatória, mas para definir as tomadas de decisões da campanha e plano de governo.

Os dilemas da pesquisa eleitoral

Ao realizar pesquisa eleitoral, o candidato tenta conhecer o eleitorado e resolver algumas dores que envolvem o pleito. Ou seja, não basta apenas concorrer a um cargo público; é preciso saber se vale a pena gastar tempo e dinheiro com a campanha política.

No entanto, fazer pesquisa não é algo tão simples… 

Geralmente os partidos contratam um Instituto de Pesquisa para realizar todo o trabalho, que envolve realizar questionários, enviar os pesquisadores a campo, tabular dados e gerar relatórios. Tudo isso tem um custo muito alto, o que torna a pesquisa inviável para alguns concorrentes ao pleito.

Normalmente, as empresas de pesquisa querem lucrar, por isso a intenção é tornar a demanda maior. Isso significa processar mais questionários, além de levar mais tempo com digitação, já que a pesquisa é realizada com preenchimento em papel.

Por outro lado, partidos e candidatos querem respostas rápidas para prever os resultados das urnas, se vale a pena concorrer ao pleito e/ou qual nome é melhor para compor a chapa. Em outras palavras, é preciso saber se existe algum problema de imagem com a população, no intuito de realizar mudanças em tempo hábil. 

Por questão de economia, alguns preferem realizar a pesquisa por conta própria. O problema é que, ao receber uma grande massa de informação, candidatos e partidos talvez não tenham o conhecimento necessário para interpretar os dados e chegar a conclusões satisfatórias.

Hoje em dia existem recursos bem mais modernos, confiáveis e com resultados que saem no mesmo dia. Quer saber como fazer pesquisa eleitoral? A Data Goal te ajuda. 

A solução que cabe na palma da mão

O avanço da tecnologia tem permitido o desenvolvimento de uma série de aplicações para celular, como a solução para pesquisa da Data Goal. Nada mais é que um software em que a própria equipe do candidato pode conduzir o processo.

Como o método de fazer pesquisa eleitoral pode interferir diretamente nos resultados, já que entrevistas em papel geram dúvidas, fraudes e erros de interpretação, é sempre bom contar com uma ferramenta que otimize as etapas do processo. 

Com a solução tecnológica, o custo com questionários é infinitamente menor. Além disso, a interface é amigável e intuitiva, favorecendo a manipulação da ferramenta sem a necessidade de um especialista em TI para dar orientações constantes.

Por ser uma solução para pesquisa digital, os usuários podem receber os inquéritos por diferentes meios, como e-mail e redes sociais, o que aumenta o alcance dos questionários. Assim, evita-se o deslocamento de profissionais para lugares remotos, recurso que sempre gera custos enormes à campanha. 

Aliás, vale lembrar que um dos grandes problemas da pesquisa eleitoral é o gerenciamento de equipes de campo. Muita gente espalhada por locais diferentes torna o trabalho lento, de alto investimento financeiro e nem sempre confiável.

Com o software para pesquisa, o processamento de dados é mais rápido e menos custoso, já que o sistema compreende todas as necessidades da pesquisa de campo e disponibiliza o resultado em pouco tempo. 

Além disso, a ferramenta apresenta outros benefícios, tais como:

  • Aplicação de pesquisa em modo offline;
  • Atuação na parte tecnológica das pesquisas eleitorais;
  • Possibilidade de retirada de resultados parciais com os pesquisadores em ainda em campo;
  • Banco de dados para produção do relatório final no mesmo dia;
  • Recurso de combate à fraude com gestão de equipes;
  • Monitoramento da localização das coletas realizadas por GPS;
  • Indicadores de produtividade média individual e de equipes.

Quer saber como implementar pesquisa eleitoral já em 2022? Entre em contato com a gente e conheça nossas soluções!