Pergunta “Drag and Drop”: o que é e quando usar?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Já participou de alguma pesquisa na rua ou online para medir a popularidade de uma marca ou produto? A pergunta Drag and Drop entra exatamente nesse tipo de questionário, porém, de um modo diferente, mais tecnológico e empolgante.

Conhecida como “arrastar e soltar”, a pergunta Drag and Drop é a classificação de uma somatória de marcas, produtos e muitos outros. Por meio dela, é possível criar pesquisas bem estruturadas e com design agradável e mais interativo.

Com a modalidade, é possível movimentar blocos na ordem desejada e acrescentar imagens de acordo com a avaliação de quem está sendo entrevistado. Assim, a pesquisa acontece de um jeito mais divertido, como se estivesse em formato de jogo.

Essa é uma maneira bastante útil de tornar o momento da entrevista mais interessante e menos monótono. Ver imagens e poder escolhê-las, além de movimentá-las, funciona como um motivador para ir até o final na pesquisa.

Objetivo da pergunta Drag and Drop

Pesquisas feitas com o uso da pergunta Drag and Drop tornam as informações mais visuais e fáceis de serem respondidas. Além disso, são um bom meio de prender a atenção das pessoas sem que elas se sintam entediadas em colaborar com o preenchimento do formulário. Com respostas por imagens, as chances de erros são menores, aumentando a qualidade da pesquisa.

Por exemplo, suponhamos que, em época eleitoral, um candidato queira testar sua popularidade na comunidade local e entender se as pessoas associam sua imagem ao seu nome. Dessa maneira, você pode inserir fotos de personagens fictícios e, dentre elas, a do candidato. Depois, o entrevistado deverá apontar qual dos homens é o candidato em questão.

O mesmo serve para medir a popularidade de produtos, alimentos, marcas, personalidades, lugares e uma série de propostas. O uso de imagens também pode ser usado de modo classificatório, organizando do melhor ao pior ou o contrário. Em casos como esses, a opção aleatória é bastante útil para não influenciar as respostas do entrevistado e induzi-los ao erro.

Dentre os principais benefícios da pergunta Drag and Drop, podemos grifar o aumento no número de respostas, redução da quantidade de abandono da entrevista, menos erros e mais precisão no resultado.

Inovação em pesquisas tradicionais

Com a tradicional matriz de perguntas, é possível reunir em um pequeno espaço um número maior de questões. E isso independe do modelo adotado, como a escala Likert, com classificação de um valor mínimo ao valor máximo. Era comum que as pesquisas viessem em formato de tabela, o que mudou graças à busca pela redução de espaço.

Com apoio da tecnologia, a pesquisa pode ser reestruturada de maneira mais simples e intuitiva. Assim, o entrevistado se mantém focado e as perguntas são respondidas com maior seriedade e sinceridade.

Optar pelo Drag and Drop permite que a escala possa continuar existindo, os cartões podem ser alterados em caso de mudança na resposta e a concentração do interrogado é ampliada. Mais facilidade, agilidade e fluidez nas pesquisas.

A pergunta Drag and Drop tem o mesmo efeito das pesquisas presenciais, com a vantagem de não precisar realmente estar por perto. Afinal, o fato de o entrevistador estar presente, pode influenciar na escolha de quem está sendo questionado.

Com o uso da novidade, as respostas fluem de modo mais sincero, justamente pelo perfil de jogo que o questionário possui. Parecer um game faz com que as respostas aconteçam de modo intencional e automático.

Usar a tecnologia como apoio ao processo de pesquisa traz qualidade, agilidade e segurança ao resultado final. Para isso, você pode contar com aplicativos para pesquisa de mercado e conseguir ir mais afundo em sua investigação.