Como funciona a avaliação de desempenho no serviço público?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Sabe aquela ideia do funcionário público que trabalha quando quer e como quer? Ela está totalmente equivocada. A administração pública passa por um momento de transformação em suas estruturas que inclui renovações a partir de quadros de servidores com foco na qualidade da prestação do serviço público.

Nesse contexto, o papel do RH, antes suprimido no atendimento a burocracias do Estado, ganhou um papel de destaque na reformulação das políticas de avaliação do desempenho dos serviços públicos. A ideia é que cada setor passe a ter uma postura diferente, assumindo responsabilidades diante dos obstáculos no trabalho.

Ou seja, não cabe mais à administração pública atuar de maneira passiva diante dos problemas que impedem a sociedade de se desenvolver. Hoje é inadmissível chegar em uma repartição pública para resolver qualquer tipo de questão e voltar para casa sem a solução porque o funcionário responsável não compareceu ao serviço, e o restante da equipe não consegue ou não está autorizada a fazer o atendimento.

O que é avaliação de desempenho?

O Estado oferece uma série de serviços cujo objetivo é suportar as necessidades da população, como saneamento básico, pavimentação, transporte, gerenciamento de resíduos, planejamento urbano, construção e manutenção das escolas estatais, arborização das ruas e praças e gerenciamento dos postos de saúde, entre tantos outros serviços.

Atender a solicitação de cada um deles de forma ágil e eficiente é uma forma de respeito ao cidadão que paga seus impostos, além de demonstrar a utilização correta do dinheiro público.

Em outras palavras, os funcionários que compõem a administração pública estão deixando para trás o viés burocrata e atuando de forma ativa e transformadora. É aí que entra a avaliação de desempenho, um mecanismo que busca conhecer e medir a performance de cada colaborador, estabelecendo uma comparação entre o desempenho esperado e o apresentado por eles. 

A função da avaliação de desempenho é, principalmente, melhorar a gestão dos programas, dos serviços e políticas públicas.

Como medir o desempenho no serviço público

Cada setor público tem características específicas, podendo criar parâmetros  distintos para medir a rotina das repartições. Para isso, o RH pode utilizar diversos indicadores, como mensuração por tempo, análise crítica dos resultados, metas ou comparar o desempenho com outros órgãos administrativos.

No entanto, uma ferramenta que tem apoiado esse trabalho junto ao setor público e com bastante eficiência é a pesquisa. Ela consegue medir a satisfação do cidadão através de feedbacks, o que ajuda a identificar falhas e oportunidades de melhoria nas organizações governamentais.

Dessa maneira, a pesquisa é uma excelente ferramenta de avaliar o desempenho no serviço público, estimulando não só o cidadão a expressar sua experiência e os resultados com os serviços públicos, mas também o próprio departamento a opinar sobre o desenvolvimento de cada funcionário.

Com esse tipo de instrumento, é possível medir, por exemplo, a qualidade do trabalho, a pontualidade, administração do tempo, uso adequado dos equipamentos e instalações, presteza, capacidade de trabalho em equipe e aproveitamento, entre outros critérios de avaliação de desempenho.

No entanto, conduzir esse tipo de trabalho utilizando métodos convencionais pode não gerar um resultado satisfatório, além de ter um custo alto e ser mais trabalhoso. Para garantir a eficiência desejada e com menor risco de falha, o ideal é a utilização de um aplicativo de pesquisa, como o desenvolvido pelo Data Goal.

Para começar, o software pode ser utilizado pela própria administração para avaliar o serviço público. Isso quer dizer que não é preciso gastar com empresas de pesquisa para fazer esse tipo de levantamento: o próprio gestor entra no aplicativo, elabora o questionário e coloca à disposição dos cidadãos e de pessoas da equipe.

O aplicativo de pesquisa Data Goal é uma maneira fácil, prática e segura de medir  a performance do serviço público, já que a plataforma permite que a pesquisa seja realizada de qualquer lugar, dentro da administração ou encaminhada por e-mail ao cidadão.

Além disso, o aplicativo oferece outras vantagens à gestão pública, como:

  • Melhor custo benefício;
  • Aplicação de pesquisa em modo offline;
  • Probabilidade de retirada de resultados parciais;
  • Banco de dados para a produção de relatório final no mesmo dia;
  • Recurso de combate à fraude;
  • Monitoramento das coletas realizadas por GPS.

Nunca foi tão fácil avaliar o desempenho no serviço público. Por isso, se você, gestor, quer garantir um trabalho com mais qualidade e confiança nos resultados, entre em contato com a Data Goal ou faça uma teste grátis no nosso sistema.