Pesquisa anônima: como e quando fazer

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Se sua  empresa necessita constantemente de coletar informações na forma de uma pesquisa eleitoral, de mercado ou social, já deve ter lidado com a situação do usuário não querer responder por ter que se identificar. Para que não haja prejuízo na investigação, em alguns casos é possível fazer a pesquisa anônima, uma modalidade que garante a integridade da pesquisa e a preservação dos dados de quem responde.

 Entenda a pesquisa anônima

O uso da pesquisa anônima promove um compartilhamento de informações francas, já que o participante se sente mais seguro, sem o risco de ser monitorado, gerando assim confiança em oferecer respostas mais honestas. 

Quando se cria uma pesquisa aberta na internet ou aplicativo, é comum solicitar informações que identifiquem o usuário, como nome, endereço, data de nascimento, às vezes CPF e até mesmo a identificação do IP.

Já a coleta anônima, o instituto de pesquisa configura a plataforma para que se preserve os dados pessoais dos respondentes, priorizando as respostas  e sentimentos verdadeiros e sinceros..

É claro que se você precisa aprofundar no detalhamento dos grupos pesquisados ou fazer parâmetros de comparação que envolvam idade, sexo, localização, departamento e demais dados de identificação, a pesquisa anônima não é recomendada.

Mas, por outro lado, a ferramenta pode ser vantajosa em pesquisas que necessitam de retornos em tópicos pontuais ou aquelas  em que a pessoa se sente constrangida em falar sobre ele.

 Em que momento devo utilizar esse tipo de pesquisa?

Antes de iniciar a criação da pesquisa anônima, é essencial que a empresa faça os seguintes questionamentos:

Há alguma possibilidade de precisar entrar em contato com a pessoa que respondeu o questionário?

Existe algum relacionamento entre a empresa e o público que irá responder a pesquisa?

Vou precisar aprofundar na pesquisa futuramente?

Se em alguma delas a resposta for sim, o anonimato na pesquisa não é a melhor estratégia, já que o pesquisador vai precisar detalhar as informações, a fim de identificar possíveis erros ou problemas no processo de produtos e serviços.

 Mas quando posso fazer a pesquisa anônima?

A confidencialidade na coleta de informação pode ser utilizada em diversas situações:

Medir a satisfação do cliente

Se você tem uma farmácia, loja, supermercado ou qualquer outro tipo de negócio de prestação de serviço e quer saber como anda a satisfação dos seus clientes, a pesquisa anônima é a ideal.

Esse tipo de avaliação é muito comum quando você efetua compra em algum estabelecimento ou passa por uma consulta em hospitais ou clínicas. Ao final, é enviado para o seu celular ou e-mail uma pesquisa de satisfação. As respostas ao questionário irão avaliar de forma geral, o quanto a pessoa gostou do atendimento da empresa, ajudando o administrador a melhorar a experiência do cliente.

Pesquisa organizacional

Quase toda organização necessita medir o nível de satisfação dos seus funcionários. Isso não é somente uma ação caprichosa dos gestores de RH, mas sim uma ferramenta efetiva que pode trazer muitos benefícios para o negócio.

Afinal, é sabido que funcionários que trabalham em um bom ambiente organizacional são mais felizes e produtivos.

Contudo, é muito pouco provável que os empregados respondam a pesquisa com franqueza se tiver que se identificar. Muitos ficam constrangidos e com receio de sofrer assédio moral ou outro tipo de retaliação.

Dessa forma, para que a empresa tome ações mais assertivas para melhorar o clima organizacional, a pesquisa anônima é a solução. Afinal, os funcionários vão se sentir mais seguros para expor suas opiniões e até mesmo fazer algum tipo de denúncia.

Pesquisa universitária

O meio acadêmico pode se beneficiar da pesquisa anônima, já que muitos estudos e teses são confirmados via investigação científica. Em muitos casos a confidencialidade é aplicada, fazendo com que pessoas dos mais diversos níveis econômicos e sociais respondam os questionamentos com segurança e anonimamente.

Como aplicar a pesquisa anônima

A pesquisa anônima pode ser aplicada em várias situações, incluindo as já citadas. É fato que existem plataformas na internet que viabilizam a elaboração, o acesso, assim como a desativação das variáveis personalizadas que identificam o usuário.

No entanto, assim como qualquer pesquisa, deve-se seguir um padrão para que a investigação atinja seus objetivos. Por isso, contrate uma empresa especialista no assunto como a Data Goal. Nossos profissionais são capacitados para entender a demanda, criar questionários assertivos, definir o tamanho da amostra, compilar e compreender os dados.Se você deseja aplicar pesquisa anônima na sua empresa ou empreendimento,  faça um orçamento com a Data Goal e conheça as vantagens de usar a nossa plataforma.